Expertise

Planejamento Estratégico

Planejamento de Mídia

Mídia Programática

Buscadores

Emailmarketing

Social Marketing

Sac 2.0

Inbound Marketing

Identidade Visual

Design Gráfico

Business Intelligence

Serviços de TI

Gestão de Loja

Gestão de Equipe

Plataformas

Facebook Ads e Orgânico

Instagram Ads e Orgânico

Google AdWords e SEO

Twitter Ads e Orgânico

Linkedin Ads, Orgânico e Pulse

Remarketing e Retargeting

Rede de Afiliados

Mídia em Portais

Criação de Sites e Landing Pages

Produção de Conteúdo - Copywriting

Zendesk

Scup

Hubspot

RD Station

Área Logada

Obramax

SixWine

Eniwine

Beer.com.br

Wine
99 Taxi
TexPrima LOF

Pet Delícia

Trato

Loja de Bebidas

Acostamento

© 2020 CAMINO MARKETING

 

Google começará a exibir podcasts em resultado das buscas

14 Aug 2019

 

 

 

Cada vez mais em alta, os podcasts estão conquistando territórios na internet, e parece que as grandes empresas de tecnologia pretendem apoiar o crescimento deste tipo de conteúdo. Seguindo a tendência, a Google começará a indexar a mídia sonora diretamente nos resultados de pesquisas avançadas no seu buscador. 

 

De acordo com a empresa, a ideia é indexar mais de 2 milhões de podcasts em seu mecanismo para dobrar o número de ouvintes desse tipo de mídia mundialmente. No entanto, pode ser que ainda leve um tempo para todo esse alcance. Em um primeiro momento, somente as pesquisas feitas nos Estados Unidos e com termos em inglês contarão com os resultados especiais.

 

O responsável pelo Google Podcasts, Zack Reneau-Wedeen, afirma que um dos principais obstáculos para a mídia atualmente são os problemas de busca, mas a empresa está trabalhando para corrigir isso. De acordo com o executivo, a Google pretende indexar as mídias até mesmo em pesquisas que não envolvam o termo podcast.

 

Essa novidade é mais um esforço da Google para apoiar o mundo dos podcasts, que deve movimentar mais de US$ 1 bilhão somente nos Estados Unidos até 2021. Em 2018, a empresa lançou um aplicativo para podcats, que tem versão web. Atualmente, a Apple é a empresa que tem mais espaço na área, sendo que 60% dos ouvintes usam sua plataforma para consumir mídia em áudio. Agora, Google e Spotify entram na briga por esse mercado. 

 

 

 

 

 

Please reload

DESTAQUE

Google muda algoritmo de busca para destacar reportagens originais

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

CATEGORIAS