Expertise

Planejamento Estratégico

Planejamento de Mídia

Mídia Programática

Buscadores

Emailmarketing

Social Marketing

Sac 2.0

Inbound Marketing

Identidade Visual

Design Gráfico

Business Intelligence

Serviços de TI

Gestão de Loja

Gestão de Equipe

Plataformas

Facebook Ads e Orgânico

Instagram Ads e Orgânico

Google AdWords e SEO

Twitter Ads e Orgânico

Linkedin Ads, Orgânico e Pulse

Remarketing e Retargeting

Rede de Afiliados

Mídia em Portais

Criação de Sites e Landing Pages

Produção de Conteúdo - Copywriting

Zendesk

Scup

Hubspot

RD Station

Área Logada

Obramax

SixWine

Eniwine

Beer.com.br

Wine
99 Taxi
TexPrima LOF

Pet Delícia

Trato

Loja de Bebidas

Acostamento

© 2020 CAMINO MARKETING

 

Crescimento Mobile - comScore libera um novo Relatório

6 Apr 2016

Mobile agora representa 65% do tempo de mídia digital, enquanto o desktop está se tornando um "ponto de contato secundário" para um número crescente de usuários digitais.

 

 

Um novo relatório da comScore usa uma montanha de dados para expor e explicar o estado multi-plataforma do comportamento do usuário na internet. No entanto, também deixa claro que o mobile segue em crescimento, enquanto o desktop está rapidamente se tornando um "ponto de contato secundário" para uma grande parte do público digital nos Estados Unidos.

O relatório intitulado de 2016 US Cross-Platform Future in Focus, abrange uma ampla gama de canais e comportamentos de consumo. 
Comento rapidamente alguns pontos:

 

 

Os dados acima mostram que o celular representa agora 65% do tempo gasto com mídias online. O desktop perdeu 12 pontos percentuais desde 2013 e diminuiu para 35%.
Isso não quer dizer que o desktop não é mais importante nas estratégias online; a maioria das transações de e-commerce ainda estão ocorrendo no PC. No entanto, muitos comerciantes e marcas continuam a tratar o desktop como a principal área de foco, que está desalinhado com o comportamento do consumidor. Este dado, na realidade, reforça a necessidade de uma estratégia multi-plataforma.

 

Uma das descobertas mais interessantes no relatório diz respeito à forma com a qual muitas revistas e jornais tradicionais têm sido capazes de crescer se relacionando com este público "mobile". Uma vez dadas como mortas, muitas dessas mídias estão mostrando um forte crescimento com base no uso móvel. Este crescimento vai de encontro com a demanda desta audiência para o que eu chamaria de "conteúdo real" - em oposição ao conteúdo criado em grande parte para fins de relações públicas ou SEO.

 

 

As três principais plataformas digitais dos EUA são Google, Facebook e Yahoo, nessa ordem. Não há surpresa nisso. Mas é interessante observar que se isolarmos apenas audiências móveis temos Facebook, Yahoo e Amazon, sem Google.

 

 
Por fim, como seria de esperar, os dados refletem que a maior parte das categorias digitais agora estão vendo a maioria do tráfego proveniente de dispositivos móveis.

Portais (ou seja, Yahoo, AOL, MSN) ainda obtém a maior parte do tráfego a partir do PC. Mas todas as outras categorias agora vêem mais tráfego a partir de dispositivos móveis. Este dado é especialmente importante para o varejo, que ainda precisa investir mais recursos, pensamento em mobile e em transformar o smartphone como o centro da experiência de compra omni-channel.

 

Confira o relatório completo 2016 US Cross-Platform Future in Focus.

Please reload

DESTAQUE

Google muda algoritmo de busca para destacar reportagens originais

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

CATEGORIAS