Expertise

Planejamento Estratégico

Planejamento de Mídia

Mídia Programática

Buscadores

Emailmarketing

Social Marketing

Sac 2.0

Inbound Marketing

Identidade Visual

Design Gráfico

Business Intelligence

Serviços de TI

Gestão de Loja

Gestão de Equipe

Plataformas

Facebook Ads e Orgânico

Instagram Ads e Orgânico

Google AdWords e SEO

Twitter Ads e Orgânico

Linkedin Ads, Orgânico e Pulse

Remarketing e Retargeting

Rede de Afiliados

Mídia em Portais

Criação de Sites e Landing Pages

Produção de Conteúdo - Copywriting

Zendesk

Scup

Hubspot

RD Station

Área Logada

Obramax

SixWine

Eniwine

Beer.com.br

Wine
99 Taxi
TexPrima LOF

Pet Delícia

Trato

Loja de Bebidas

Acostamento

© 2020 CAMINO MARKETING

 

OKR - Defina e Comunique Metas e Resultados

17 Mar 2016

Já ouviu falar de OKR? Empresas como Google, Twitter, Dropbox e GoPro adaptaram a metodologia da INTEL para seus negócios.

 

 Em 1970 a INTEL sentiu a necessidade de conectar suas equipes através de metas claras e objetivas, foi então que Andy Grove (Húngaro-americano, empresário, engenheiro e autor, conhecido como CEO e presidente do conselho da Intel Corporation) desenvolveu o OKR (Objectives and Key Results) que consiste em definir e comunicar metas e apresentar resultados.

 

Em 1999 o Google abraçou a ideia e fez adaptações de acordo com a sua realidade. Isso aconteceu quando a empresa tinha menos de 1 ano e desde então outras empresas como Twitter, Dropbox e GoPro adotaram esta metodologia.

 

Abaixo uma visão geral: 

 

 

Benefícios

 

  • Agilidade: ciclos curtos ajudam na revisão da estratégia, reduzindo riscos

  • Comunicação Clara: transparência e objetividade nos papéis

  • Foco e Disciplina: número limitado de objetivos geram organização e resultados 

  • Autonomia: a equipe é orientada e pode decidir como alcançar seus objetivos

  • Accountability: cada um é responsável pelos seus objetivos

  • Foco no Negócio: metas voltadas para o resultado e não para o esforço

  • Flexibilidade: processo pode ser adaptado a cada passo

  • Stretch Goals: metas que estimulam a saída da zona de conforto

 

Como Implementar

 

Primeiro - Análise

  • Conheça a realidade da sua empresa: não copie de outras empresas

  • Implemente fases: ciclos curtos permitem correções mais fáceis

  • Selecione um dono: ele deverá ser o ponto focal do processo

Segundo - Sua empresa

  • Defina os OKRs para o ano: focados em onde e não como

  • Defina os OKRs para o próximo trimestre: ser mais específico no que sua equipe deve se concentrar

Terceiro - Equipe

  • Defina OKRs para cada equipe: numa reunião onde todos terão voz, os objetivos deverão ser definidos. Importante se assegurar que 60% das direções deverão ser levantadas pela própria equipe

  • Foco: os OKRs devem fazer valer os objetivos da empresa

  • Comunicação: todos deverão ter conhecimento dos OKRs de cada time

  • Variação: algumas equipes poderão ter OKRs paralelos aos da empresa se assim o time identificar como necessário

 

Critérios para o Sucesso

Importante ter clara quais são as conquistas para cada uma das etapas do processo. Definir métricas claras é fundamental.


Por exemplo: No caso de um OKR para sua empresa, aumentar o valuation pode ser um dos objetivos. Neste caso EBTDA e Receita certamente estarão entre os critérios.

 

Com os OKRs de equipes sendo revisitados trimestralmente, as análises e ajustes no caminho farão com que os OKRs da empresa sejam atingidos. 
É importante estabelecer objetivos que não sejam abandonados no futuro ou inalcansáveis, isso irá desmotivar a equipe e fazer com que o processo se perda no meio do caminho.

 

 

Stretch Goals

A ideia de estabelecer objetivos "Stretch Goals" é justamente estipular uma meta acima do alcance óbvio, fazendo com que o esforço seja uma motivação e a alcançar seja uma realização.
Encontrar o ponto onde este alongamento se rompe é fundamental para manter a equipe motivada e alinhada com o objetivo. Sem desvios.

É como alongar o corpo, pode doer durante o processo, mas irá fazer bem.

Pontos positivos:

  • Tiram da zona de conforto

  • Direcionam nossa atenção para o que interessa

  • Desafia e coloca sua força e confiança à prova, fazendo com que alcance objetivos que imaginou não conseguir alcançar

  • forçam a criatividade e o raciocínio

  • forçam a otimização de tempo

 

Não cometa esses erros

  • Copiar a metodologia de uma outra empresa

  • Definir OKRs demais (até 3 é suficiente, principalmente no início)

  • Não mensurar

  • Objetivos que não motivam

  • Objetivos que não desafiam

  • Falta de comunicação entre os times

  • Não implantar fases

  • Não escolher um Líder

 

 

Importante: não aplique esta metodologia na sua empresa sem o entendimento total do processo. Vale lembrar que estamos falando da bússola da sua empresa e calibrá-la é fundamental!

No mais, bons desafios!

 

 

 

 

Anderson Cardoso

CMO da Camino Marketing com mais de 10 anos de experiência em planejamento e gestão de equipes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

DESTAQUE

Google muda algoritmo de busca para destacar reportagens originais

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

CATEGORIAS